Atenuação Natural Monitorada é sinônimo de “não fazer nada”?

Esta tecnologia é uma estratégia de gerenciamento que se baseia em mecanismos naturais de atenuação para remediação de águas subterrâneas.

Atenuação Natural Monitorada é sinônimo de “não fazer nada”?
  • Compartilhe esse artigo
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

A tecnologia de Atenuação Natural Monitorada (ANM) possui diversas denominações, tais como biorremediação intrínseca, bioatenuação ou somente atenuação natural. Entretanto, a ANM não é sinônimo de “não fazer nada”, como algumas pessoas imaginam.

Esta tecnologia de remediação está se tornando mais popular e se consolidando no mercado como uma alternativa viável para os casos em que são confirmadas as condições biogeoquímicas favoráveis à ocorrência das reações naturais.

Segundo levantamento realizado até dezembro de 2017 pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo - CETESB, verifica-se que a atenuação natural monitorada foi a quarta tecnologia mais utilizada, contemplando 700 casos, sendo que entre 2007 e 2017, ou seja, em um período de 10 anos houve um aumento de 639 áreas utilizando-se a ANM como alternativa para remediação de áreas contaminadas.

 

Atenuação Natural Monitorada é sinônimo de “não fazer nada”?Fonte: CETESB, 2017

Salienta-se que a condição básica para que se utilize esta tecnologia é que a taxa de biodegradação seja maior que a velocidade de migração dos contaminantes, para que os receptores não sejam atingidos nos pontos de exposição.e os processos físicos envolvidos destacam-se a diluição, dispersão, difusão, sorção, volatilização e a transferência água/ar. A biodegradação se mostra como o principal processo biológico, enquanto os processos químicos contemplam as reações de oxidação ou redução, hidrólise, além de reações abióticas, ou seja, reações não mediadas por microorganismos.

Os processos físicos fazem parte dos mecanismos não-destrutivos, pois ocorrem somente transferências de fases entre os contaminantes, por exemplo, passagem da fase dissolvida para a fase vapor. Há destruição da massa dos contaminantes somente por meio dos processos químicos e biológicos, que fazem parte dos mecanismos destrutivos.

 

Como saber se está havendo atenuação natural?

São utilizados indicadores geoquímicos para evidenciar a atenuação natural. Os principais parâmetros geoquímicos analisados são oxigênio dissolvido, nitrato, sulfato, ferro II e metano. Assim, se a atenuação natural estiver ocorrendo, algumas mudanças no interior da pluma são esperadas, tais como concentrações de oxigênio, nitrato e sulfato dissolvidos abaixo dos níveis naturais e concentrações de ferro II e metano dissolvidos acima dos níveis naturais.

Atenuação Natural Monitorada é sinônimo de “não fazer nada”? 

O custo para implantação desta tecnologia é baixo, bem como seu custo de operação, visto que há pouca ou nenhuma intervenção humana, dependendo do cenário de contaminação. O importante é que esta tecnologia é uma estratégia de gerenciamento que se baseia em mecanismos naturais de atenuação e, se empregada com sabedoria, pode ser muito eficiente para remediação de áreas contaminadas.

 

 

Solicite aqui seu

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Solicitação de Orçamento:

Aguarde, enviando contato!